A importância da leitura na educação infantil

Tempo de leitura: 8 minutos

Ebook 101 Receitas de Papinhas, disponível para download

A leitura é fundamental para que as habilidades cognitivas e comunicativas das crianças sejam desenvolvidas, sobretudo na era digital, onde a atenção dos pequenos tende a se voltar cada vez mais para os dispositivos eletrônicos.

Mesmo antes do processo de alfabetização, o contato com os livros e suas histórias ilustradas traz inúmeros benefícios para a educação infantil.

Desde estímulos físicos — como o aprimoramento da coordenação motora fina, ao folhear as páginas — até estímulos sensoriais — por meio das cores das figuras e texturas do papel. 

A seguir, reunimos informações para que você saiba mais sobre a importância da leitura para o crescimento dos seus filhos e até mesmo a contribuição que ela tem para a união familiar.

Por que devo ler para os meus filhos?

Pai e filho lendo um livro juntos

Ler para uma criança envolve muito mais do que somente auxiliá-la no descobrimento das primeiras palavras. 

Através da leitura, aperfeiçoamos a nossa compreensão sobre o mundo e somos capazes de interagir com o ambiente no qual estamos inseridos.

Além disso, ela também pode ser uma fonte de aprendizado, lazer e conexão.

Portanto, é essencial que as crianças — desde a primeira infância — sejam apresentadas aos livros.

Benefícios da leitura na educação infantil

Criança lendo um livro sozinha

Abaixo, conheça alguns dos principais benefícios e contribuições da leitura para a educação dos seus filhos.

Compreensão das emoções 

Por meio dos livros, experiências são vivenciadas antes mesmo de terem sido vividas na vida real. Por essa razão, as histórias são uma oportunidade única de conhecer emoções distintas e entender mais sobre os próprios sentimentos, tendo como base o que os personagens estão vivendo.

Caso uma criança sofra com ansiedade ou esteja atravessando um momento emocional complexo, certamente há um livro que aborda o assunto e é ideal para ler junto com ela.

As histórias infantis são uma forma maravilhosa de reduzir o medo ocasionado por experiências novas e ajudam na aceitação de mudanças e novidades. 

Desenvolve a fala

Ainda que os adultos falem o dia inteiro, na maior parte do tempo o vocabulário utilizado é limitado e repetitivo. 

As histórias lidas mostram expressões e palavras novas para as crianças, sobre os mais variados assuntos. 

Durante a primeira infância, o cérebro está em intenso e constante desenvolvimento. Com isso, quanto mais os pequenos se depararem com diferentes imagens, sons e escritas, melhor para o aprendizado. 

Estimula a imaginação

No mundo atual, há respostas para tudo: basta digitar a pergunta no Google e clicar em pesquisar. Apesar disso ser vantajoso em muitos sentidos, em relação às crianças, acaba ofuscando a criatividade e a imaginação infantil. 

Os livros — especialmente aqueles com histórias de “faz de conta” — resgatam o espírito imaginativo e criativo da infância e proporcionam às crianças viagens maravilhosas pelo mundo da imaginação.

Essas viagens não requerem brinquedos caros e tecnológicos. Na verdade, imaginar é a principal ferramenta de diversão, e o estímulo à criatividade contribui para que, no futuro, os pequenos se tornem grandes e criativos adultos.

Propicia um tempo de qualidade juntos

Incluir a leitura conjunta diária na rotina da família cria um ambiente de desenvolvimento emocional, união e amor — tanto para quem está lendo quanto para a criança. Cada vez que você lê para os seus filhos, eles aprendem algo novo e vice-versa.

No momento da leitura, os pequenos podem se aconchegar enquanto ouvem a história. Em conjunto com o contato visual e a atenção exclusiva enquanto as palavras são lidas, esse aconchego é tão importante quanto a história contada.

Sem dúvida, esse momento marcará a família e se tornará uma linda lembrança para todos os membros, inclusive para a própria criança. 

Além disso, pode se tornar uma tradição familiar, que seus filhos transmitirão para os deles e assim sucessivamente.

Melhora a concentração

É natural que seus filhos se distraiam no decorrer da leitura e queiram mexer em outros objetos ou até mesmo no próprio livro, e é exatamente por isso que um dos benefícios de ler para as crianças é incentivá-las a se manterem concentradas e focadas desde cedo.

Para que elas se habituem, é preciso ser consistente. Ler diariamente por um determinado período de tempo fará com que, aos poucos, os pequenos aprendam a estarem calmos e presentes durante aquele momento. 

Com isso, eles se concentrarão e se manterão concentrados por cada vez mais tempo. Essa atitude favorecerá seus filhos posteriormente, na escola, e ainda os farão criar habilidades de escuta. 

Construção da empatia

Um estudo, realizado pelo departamento de psicologia da universidade de Cambridge, aponta que ler para os seus filhos, além de trazer benefícios que perduram durante a vida inteira, ainda estimula a construção da empatia nas crianças.

Assim, além do desenvolvimento da empatia, a mente das crianças também se abre para diferenças e diversidades. “São sementes plantadas pela leitura”, afirma o estudo.

Como começar a ler para as crianças?

Mãe lendo um livro para seu filho (criança)

Não há fase certa para começar a ler para os seus filhos. Inclusive, essa prática pode ser iniciada até mesmo durante a gravidez.

No entanto, caso você queira iniciar esse hábito e não sabe por onde começar, separamos 5 dicas importantes para te auxiliar nesse incrível processo.

1. Escolha livros adequados para a idade da criança 

Ter contato com livros apropriados para a etapa do desenvolvimento da criança faz toda a diferença. Há livros destinados a bebês, à crianças em idade pré-escolar e até às mais velhas.

E a distinção entre eles não está exatamente na história contada e sim na maneira que ela é abordada: linguagem, vocabulário, ilustrações e etc.

Logo, escolher os livros apropriados impacta diretamente no entendimento e percepção dos pequenos sobre o contexto que lhes será apresentando e também em toda a experiência de leitura.

2. Atente-se à possíveis dificuldades 

Caso seus filhos demonstrem algum tipo de frustração no momento em que você está lendo para eles, é bom prestar atenção em possíveis problemas que possam estar dificultando a compreensão dos pequenos. 

Pode se tratar desde dificuldades com a linguagem ou com a interpretação de texto até problemas neurológicos ou de visão. É importante respeitar o tempo de cada criança, no entanto, se perceber sinais alarmantes, procure um especialista. 

Ademais, no decorrer da leitura, muito provavelmente seus filhos farão perguntas sobre determinadas palavras. Logo, é fundamental ter tempo para respondê-las e estimulá-los a entender o que vocês estão lendo. 

3. Transforme a leitura em algo divertido e alegre 

Impor a leitura como uma obrigação é, basicamente, fazer a criança enxergá-la como algo chato e é por essa razão que grande parte dos adultos não leem. Para mudar essa realidade, é necessário estabelecer uma relação diferente dessa desde o princípio. 

Além disso, quanto mais a criança aprende, mais ela se diverte. Portanto, criar efeitos sonoros, encenar os papéis e dar vida aos personagens são algumas formas de transformar a leitura em uma alegre brincadeira. 

4. Crie uma rotina de leitura 

Como já mencionamos acima, a consistência é fundamental para que os pequenos se familiarizem com a leitura e, naturalmente, a vejam como parte da rotina

Assim, ler com eles nos mesmos horários e estabelecer um período de duração para essa atividade é uma maneira de ensiná-los e também de gerir o seu próprio tempo, para que seja possível se dedicar totalmente à eles nesse momento.  

5. Dê o exemplo

Por fim, dar o exemplo é sempre essencial e em relação à leitura não é diferente. A partir do momento que a criança observar que todos os membros da família estão lendo — seja jornais, revistas ou livros —, automaticamente ela será ainda mais estimulada a ler. 

Afinal, as crianças estão em constante observação e se baseiam mais no que é feito do que no que é dito. Dessa forma, procure ser sempre uma referência positiva para os seus filhos.

Conclusão 

As obrigações diárias muitas das vezes dificultam a realização de atividades educativas com os filhos. No entanto, a leitura, além de todos os benefícios já citados, ainda traz uma maior flexibilidade em relação à horários, visto que é possível ler para as crianças ao colocá-las para dormir. 

Com isso, mesmo que você trabalhe fora e chegue em casa tarde, o seu tempo disponível é suficiente para que seus pequenos desfrutem da magia que só a leitura é capaz de proporcionar e, ainda, se desenvolvam de forma natural e espontânea.

Tem interesse em saber mais sobre educação infantil? Para conferir outras matérias do blog, clique aqui!